sábado, 5 de janeiro de 2019

K

Pompeia

Esqueci
Que o mundo líquido
Era este,
Navegado
Esventrado,
Ciúme vago
De pérfida
Lança
A que chamam
Acordo
Mar com dono
Não domado,
Barbatanas
Flutuando,
Eriçadas
Numa vingança
Que se deseja
Morna 
Em preia-mar.
Que o mundo líquido
Era este,
Navegado
Esventrado,
Ciúme vago
De pérfida
Lança
A que chamam
Acordo
Mar com dono
Não domado,
Barbatanas
Flutuando,
Marcas
Eriçadas
De uma vingança
Que se deseja
Parda,
Rebolando
Pelos canhões
200 metros abaixo
Levando a morte
Numa taça
Tocada pelos lábios
De Vesúvio,
O  Magnificente.

Etiquetas: ,

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

K

pot que ecrevi..

“*bja 

Por que gyardi iuadss owiu wik

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

K

Paletes

Por que escrevo?
Que pretensão é esta? 
A de lançar palavras, 
que tantas vezes se empilham, 
escorrendo menos do que
vocábulos, 
apenas letras;
a minha fúria 
da quase mudez, 
semiótica... 
(semióptica...) 

(foto do autor
obtida com telemóvel:
estação de metro 
do Saldanha-Lisboa) 

Etiquetas: , ,

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

K

Há muitas noites:
as de insónia e desespero,
os olhos esventrando o tecto;
as de glória e honra,
os olhos buscando a lua;
as de farto aconchego,
os olhos buscando os teus.
Pingam as estrelas,
em jeito vivaz e mordente,
jura o pó sobre si próprio,
uma vez que a ele retornará.
Escorro-me pela noite acima,
busco os corpos celestes,
as crostas do tempo,
as tampas dos caixotes
em que se alojam vetustos ET.

Afinal,
os meus olhos fundaram
o Universo.

 (Poema publicado pela primeira em Belas Artes Belas

Etiquetas: , , ,

terça-feira, 13 de novembro de 2018

K
Disfarçava a sua total falta de competências sociais usando calças largas e ténis de sola grossa. Parecia alta, ostentava sempre um ar sério, não gélido, talvez distante.

Não era bonita, nem sequer gira. É provável que desejasse marcar presença pela pose; conseguia apenas mimetizar-se, fundir-se na atmosfera, ser apenas a moça das calças largas, dos ténis gigantescos. U

Uma só vez: a vi agradecer, a vi seguir alguém com os olhos, a senti morrer de amor. 
#77palavras #prettyfright #forgetmenot #howmany?

Etiquetas: , , ,

domingo, 11 de novembro de 2018

K

terminus












Aqui tudo termina.
Um Apocalipse revelado,
por entre as nuvens
flutua a espada
e também o cinzel,
o burel.
Numa semi-tranquilidade
louca,
paira o silêncio
dos mísseis de
cruzeiro,
cruzeiros sem volta;
nos giros almofadados
há vidas que fixam
em espanto e
calado horror
as nuvens:
prenúncio altaneiro e
mudo de novos,
rasos, loucos,
fins.
The end
 (📸 : anoitecer em Marvila,
vista para o bairro de Alvalade)
#revelação #revelation #whatiscoming #futuro

Etiquetas: , , , , , , ,

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker
online