quinta-feira, 5 de setembro de 2019

K

Quantas...

Quantas vezes terei fechado

a boca,
os ouvidos,
clique irritante,
um desejo de silêncio,
o estar fechado,
um eco que dói.
Quantas ve0zes terá a fúria
crido num desmembrar
final,
azougado até.

Mas foi também
a chegada dum tempo
de paz entre estertores:
a luz caindo
num suave pincelar,
a eito,
o sons do dia
a cavalo do vento,
morgado herdeiro
de sagas esquecidas.

Sim,
a boca fecha-se
e o mar cavalga a sorte,
deixa que o amanhã
tome conta de si,
tal como as fúrias
se desfazem

Etiquetas: , , ,

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

K

Physalia...

O tempo vai escalando
e pouco sobra,
entre muros,
das asas que havias
colhido,
ninho de sombras
entrecortadas
de um pez escorrendo 
fissura abaixo.
Veio de uma era outra,
esse frio subjacente 
   que não esquece o sopro de vida;
e que a agarra 
e que a puxa
e que a leva...

A torre vigia
essa gélida surdina,
e as heras,
as trepadeiras,
 toda a vida 
que traz disfarçada,
a mão que escala 
e esgana,
e afunda consigo 
os restos 
de uma Esperança 
suja 
e obliterada
no seu quinhão 
vago,
vazio,
ventre prenho
de laços 
Physalia physalis...

(Foto do autor
obtida com telemóvel:
Marvila em 2019) 

Etiquetas: , , , ,

quinta-feira, 4 de julho de 2019

K

Última edição


Naquele dia,
quando as páginas forem já 
pedra dura,
quando os meus olhos,
fechados,
não discernirem mais 
do que a névoa,
e todo o meu corpo já 
não for servo nem senhor...

Naquele dia,
sabeis que fazer:
com cuidado,
com frieza até,
retirai todos os meus livros 
e ofertai-os,
ofertai-os 
com simplicidade,
e com a minha ternura,
a todos os que com eles
se completem
e deles retirem,
ao menos 37,94%
do prazer
com que me bafejaram.

Partirei então, tranquilo,
amortalhado em folhas de jornal,
com as notícias frescas
desse dia,
dia de despedida
e de chegada.
(fontes da imagem: Biblioteca Joanina da Universidade de Coimbra)


Etiquetas: , , , ,

terça-feira, 18 de junho de 2019

K

a Lampedusa, homenagem de um plátano


A árvore,
verde alpinista
ensarilhou-se,
intrometeu-se,
enlaçou os arbustos,
na fuga canhestra
de ser madeira
de batel, falua,
caixão-caixote mediterrânico (…)

Tantas vezes em que Lampedusa
nem sequer se aproximou,
tantas vezes em que o sorriso do acolhimento
só trouxe campos
em que refugiar era de madeira,
até de árvore
ensarilhada,
intrometida (…)

Etiquetas: , , , , , ,

domingo, 2 de junho de 2019

K

Divinum lumen


No silêncio das carpetes, no ar amofadado, há uma surdina (una sotto voce), uma obsequiosa melodia vocal que se espalha pelos tapetes assim, lentamente, como o insidioso desastre em que gaivotas e corvos marinhos se enlearam numa dança cruel e finita.

(foto do autor
obtida com telemóvel) 

Etiquetas: , , , ,

segunda-feira, 20 de maio de 2019

K

queda XXV

As ruínas limitavam
o tempo,
era um sol escuro
que pendia, cambaleava,
que fingia um 
  acto quente,
luminoso,
cínico numa campanha
pueril, vasta.
Todo o chão 
sentava os passos
que, jocosos,
ensaiavam a travessia.
Reflectiam as colunas 
a baixeza, 
rumando 
para o lado em que
aquele sol,
sempre escuro,
amotinava as 
pedras-rochas,
na certeza 
de que o luar
seria cavalgado
entre mágoas nas
fissuras instáveis 
do Tempo...

(Fonte da imagem:
n/a)

Etiquetas: ,

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker
online