terça-feira, 26 de novembro de 2013

K

Flor


Hoje,
vi a flor 
reverdecer,
o verde a alastrar
pelos campos acima,
parecia que o vento norte,
a chuva salgada,
tinham tomado um atalho,
um caminho,
que nos deixava a flor,
o regaço oculto
das ervas,
dos arbustos,
que pariam
mais e mais flores.
E os pólenes bailavam,
nas braçadas  
de tojo em estio,
entre os galhos
no meio dos pastos
semeados pelo vento.

("Guarda-te dos mares,
das ondas e da espuma.
Caminha pelo leito seco
das águas e sorri ao vento,
teu companheiro de viagem."
Fala de Orestes a Plauto,

dramaturgo e poeta

Etiquetas: ,

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

K

pinho

verde,
verde
verde 
que te quero verde;
um trilho,
marcado pelas rodas,
directo ao longe,
às asas das nuvens;
caminhas à rés
dos campos,
das flores,
dos pinhais,
o Sol brincando
entre os ramos,
os teus passos marcando
a espera;
há galhos que pisas
e guardam na memória
os tempos de Natal:
a fogueira, 
a Árvore,
os restos da mesa;


o verde,
o verde,
a flor do verde pinho...
(fonte da imagem:
http://maratonabttmangualde.blogspot.pt/2013/08/imagens-do-percurso.html)

Etiquetas: ,

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

K

flores em jeito de fim

sim,
esta é a hora
da nossa terra,
dos caminhos
(da noite)
das campas
alvas, delicadas,
servindo de poiso
aos gaios;
lembras-te
quando deslizavas 
as tuas mãos 
no frugal assalto
aos goivos
e aos lírios?


é na brancura
e no escuro da noite
que adormece o Sol,
em gestos suaves
de agonia,

num empréstimo
de flores 
[já extintas]

("Quando caminhares,
anda na bruma da verdade,
da paz; talvez encontres
a fruição no pó do caminho..."
Fala de Plauto a Tucídides,
seu discípulo nas horas silenciosas)

(fonte da imagem:
http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Saint_Remy_les_Chevreuse_Cemetery_Fake_Ceramic_Flowers_02.jpg)

Etiquetas: ,

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker
Article of the Day
Article of the Day provided by TheFreeDictionary

This Day in History
This Day in History provided by TheFreeDictionary

Today's Birthday
Today's Birthday provided by TheFreeDictionary

Quote of the Day
Quote of the Day provided by The Free Library

Hangman
Hangman provided by TheFreeDictionary