segunda-feira, 9 de maio de 2011

soltar

Mira os céus, as nuvens,
lembra os mares, a espuma,
o dorso das vagas,
depois,
se lhes virares as costas,
serão teus,
cinzelados à tona de ti...
(fonte da imagem:

1 comentário:

Graça Pires disse...

Um poema de liberdade...
Um beijo.