quinta-feira, 4 de novembro de 2010

umbrais

Sobre a tua fonte,
as folhas laranja amortecidas
serão restos de merendas,
caminhos de renda solar,
cascas de lembranças
despojadas a um canto.

Na tua fonte,
estão imersas as folhas laranja;
e os sonhos,
apátridas, é certo,
despejam-se
como píxeis em cascatas raivosas,
ribombando fagulhas
no triunfo de um Outono
galgando, arquejante
os umbrais do teu olhar!

(fonte da imagem:
http://www.naruto-pt.com)

1 comentário:

Maria Clarinda disse...

Maravilha, foto/palavras. Beijos