quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

memória


Quero cingir-me no tempo,
no triunfo;
quero ser a espuma,
o enlace,
o esfumar-me 
(...)

(imagem retirada da net)

1 comentário:

Paula Raposo disse...

É bonito ser-se espuma...
Beijos.