quinta-feira, 30 de outubro de 2008

K

Chopin, op. 9, nº 3


Esbracejei-me,
sorri-vos,
só as portas gargalharam desdentadas,
em gonzos, tramelas e guinchos de pó velho.
Um sopro de flautim
virou-me os olhos,
baços;
p'lo meio do caos,
o fosso revirado,
enojadas as lamas.
Em vogais,
em maresia,
troquei-me
por um quase herói financeiro,
seco,
tão cheio de números viscosos.

Em sonhos então:
Chopin, op. 9, nº 3
(foto extraída da internet)

Etiquetas: ,

3 Comentários:

OpenID pedronunesnomundo disse...

encontrei um lugar calmo dentro da minha cabeça, encostei-me confortável dentro de mim e pus a correr o "teu" Chopin, enquanto (re)lia o teu post

é fantástica a habilidade humana para codificar o mundo personalizando-o à sua medida e para o descodificar chegando ao outro...

como nos é possível falar tantas línguas de sensibilidade com os outros? e entendê-los?
decerto uma das muitas maravilhas da Criação que me mantêm um homem siderado com a beleza eventual do Mundo

um abraço,
mais um,
meu amigo

terça-feira, 04 novembro, 2008  
Blogger Jaime A. disse...

Merecemos tudo isso, mais Chopin e todas as coisas que a boa parte do mundo tem para nós. Eça dizia; "A estupidez tem cabeça de toiro, há que espetá-la". Que as estupidez do mundo seja sempre sobrepujada pelo que este tem de excelente.

sábado, 08 novembro, 2008  
Anonymous Eduardo disse...

Parabéns pela obra versada e calcada em caminhos tão belos e bons. És um iluminado!! Forte Abraço!!

quarta-feira, 27 outubro, 2010  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Mi

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker
Article of the Day
Article of the Day provided by TheFreeDictionary

This Day in History
This Day in History provided by TheFreeDictionary

Today's Birthday
Today's Birthday provided by TheFreeDictionary

Quote of the Day
Quote of the Day provided by The Free Library

Hangman
Hangman provided by TheFreeDictionary