quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Minha vida vai em dois sacos,
um transporta-me a mim,
o outro leva os meus laços,
nas mãos segue o meu fim.

Sem comentários: