sábado, 4 de maio de 2013

K

Ave Cartago!

Hoje, caiu Cartago.
Hoje,voou a águia romana.
(...)
Mas,
já ninguém lembra 
os homens mortos 
por um ideal,
por uma ordem,
ou só por ouro.

Quem foi Cartago?
O que foi Cartago,
isso sim.
Roma foi incomodada
por Cartago,
logo Cartago foi derrubada...

Mas os homens,
já nem lembram o Império,
as suas ruínas deixam-nos 
alheios aos tempos,
nem a morte do romano Demétrio
(soldado desconhecido)
ou do cartaginês Aníbal
(soldado desconhecido)
os levam a virar a cabeça.

Meu velho Cipião,
o tempo apagou-te
e aos teus feitos,
os arreios dos teus cavalos
desfazem-se,
o teu capacete,
as tuas insígnias,
o teu orgulho,
devem morrer para lá
do Tibre,
das praias desnudas
da Roma Imperial...
 
A balbúrdia romana de hoje
abafa o caos imperial
que conheceste;
descansa, 
enfim,
que a tua tristeza
não lave os restos
esparsos
das memórias 
de alguns...
Sperat, veterem Romanorum!
("Já colheste os teus louros,
já saciaste os teus lábios
com as imprecações
e a bebida.
Agora, entrega o poder 
a Roma, e vem saborear as
melhores delícias da tua vitória."
Fala de Heródoto ao grande Cipião,
um dos vencedores das Guerras
Púnicas)

(fontes das imagens:
1ª: http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Bosra-Ruins.jpg
2ª: http://www.crydev.net/newspage.php?news=53736
3ª: http://www.goodreads.com/topic/show/1296541-ruins-of-the-water-kingdom
4ª: http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Hallaton_helmet_front_left.jpg)

Etiquetas: ,

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Mi

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker