sexta-feira, 2 de março de 2007


A brisa arrastou-me,

tranquila.

Suspenso,

passeei pelos largos vales

estendidos naquele azul

quase quase modesto,

tímido.

Agarrei as nuvens,

fiz com elas paz;

sorriu-me um anjo,

corei de pudor.

3 comentários:

helena disse...

Lindo!
Deixa de lado a timidez e bebe esse sorriso.
Quero ver-te sorrir também.
Um beijo
Helena

filipelamas disse...

Agarrar as nuvens e corar de pudor! Que bela mistura e que imagem tão bem conseguida!

Anónimo disse...

Deixo-te sempre sabendo que tenho que voltar em breve...keep ut the good work..nair