terça-feira, 6 de fevereiro de 2007

Solar

É em sóis que nos desnudamos,
na busca do calor
que nos veste de desconhecido.
É em sóis que procuramos
verdes folhas
que nos consolam
em pálidos arbustos...
Um mar iluminado
pelo triângulo solar,
engole-nos,
lenta,
suavemente.
Termina, pois,
a nossa busca...

1 comentário:

helena disse...

Creio que não termina a busca.
É apenas um respirar
Um momento de sossego
Após o qual, a busca recomeça.
Beijo amigo