domingo, 10 de maio de 2009

gravura

Podias ficar com uma imagem;
a luz das palavras,
dos sons
trocam o signo.
Lugar onde,
de onde,
sujeito sem objecto.
A partida nem saiu do molhe,
a figura,
a imagem,
o retrato,
descansaram sobre o aparador,
escondidas em memórias
empoeiradas num amanhã insone.

(vd. fig. inclusa)

(retirado blogue em que participo www.gps-poetasdomundo.blogspot.com)

Sem comentários: