quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

K

The art of stealing

Steal heaven,

stars maybe.

Never steal a heart,

or a tiny cloud,

for they'll

hunt your soul

forever.

Steal me when I'm standing still,

steal a violet,

or a bike.

Beware of your hands,

for they steal

nothing worthy;

a wearable cricket

is to find

in one's pocket.

Try a grain,

a bit of sand,

all kinds of air blowing.

Maybe they'll listen

to your diving into a tricky foam

somewhere in Venus...

(inspirado num poema de Jim Jarmusch em moriana2)

Etiquetas:

3 Comentários:

Blogger Paula Raposo disse...

May be they'll listen...gostei. Beijos.

quarta-feira, 28 janeiro, 2009  
Blogger moriana disse...

i would steal a violet :)

quarta-feira, 28 janeiro, 2009  
Blogger Jaime A. disse...

A arte de roubar de P. António Vieira, sempre!!

Maybe stealing some violets isn't so strange, after all.

quarta-feira, 28 janeiro, 2009  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Mi

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker