quarta-feira, 21 de maio de 2008

K

vitória...



(...) esse silêncio,



será a ausência,

a fuga cega,

o esquecimento opresso, longe;


já são nada:
o signo ou a lança,
a carne fincada, o ferro


(o não)

Etiquetas: , ,

3 Comentários:

Blogger Pedro_Nunes_no_Mundo disse...

Sim. Certamente.
"Outrora um blog".

Um "um web log". Uma ligação esporádica à rede, para acender mais uma lâmpadazinha que só muitas, em fio e à distância dão a ilusão de continuidade.
Isso é, por definição, um "blog".

Já não o teu. Há muito tempo.

Há muito que "não vens à net" acender uma luzinha de vez em quando.
Como um blogueiro comum.

Há muito que não é preciso "recuo" para apreender um sentido panorâmico no que aqui colocas de teu.
Cada texto, carregado de identidade, cola-se naturalmente ao anterior, ao seguinte, e ainda que diferente, que distinto, incorpora a corrente de sentimento e eloquência que passa por este blog.

Já não um blog, outra coisa.

E porque, forçosamente, para sempre em suporte etéreo... e não em papel impresso?

Abraço

sábado, 24 maio, 2008  
Blogger Jaime A. disse...

"E porque, forçosamente, para sempre em suporte etéreo... e não em papel impresso?"

Talvez por duas (ou mais) excelentes razões, Pedro: a inércia (e receio) na procura de quem edite, a (ou ausência) de crítica, a preguiça mesclada de conforto na edição "caseira" (tanto em acto como em qualidade)...

Aquele abraço

PS - e tu? Essas tuas ausências deixam quanta (à brasileira) nostalgia...

sábado, 24 maio, 2008  
Blogger helena disse...

Pois é, Amigo.
Estou totalmente de acordo com o Pedro-
Para quando um livro?
Não te deixes enredar pela inércia!
OUSA!
Um beijo

quinta-feira, 12 junho, 2008  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Mi

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker