sábado, 26 de abril de 2014

palavra


Hoje
queria que a palavra me bafejasse,
que a frase fosse um só sentido único,
que te atravessasse,
se escondesse,
e em ti ficasse,
num efeito luzente, quase cénico.

4 comentários:

Graça Pires disse...

Palavras com luz a encenarem um espaço de amor...
Muito belo.
Beijo.

Nilson Barcelli disse...

A palavra tem imenso poder.
Então, não digas "queria"...
Boa semana, caro amigo Jaime.
Abraço.

Vieira Calado disse...

Uma bela encenação!
Um abraço!

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Acontece muitas vezes frutificar mesmo sem nos apercebermos...