domingo, 5 de julho de 2009

(...aspereza)

Era o obscuro dia,
parindo a fosca noite;
devassas crónicas
duma luz fugidia,
anoitecendo-se
nas frugais marés

de um Verão acre.


(imagem retirada da net)

1 comentário:

Paula Raposo disse...

Uma maneira desiludida de ver...gostei de te ler, claro. Beijos e bom domingo.