sábado, 7 de janeiro de 2017

Esqueço

Já me esqueci de mim.
Estranho,
só os meus olhos 
captam a memória cega.
Já as balaustradas
se erguem,
os semi-claustros
apelam à clausura,
mas nada lembro,
só o sol imergindo
e salgando,
a lua em órbita infinita,
e os meus olhos, esses,
aconchegando-me
naquela bancada


onde noite a noite
me esgueiro.

(foto do autor
obtida com 
telemóvel, algures
na Beira Alta em 
finais de 2015)

Sem comentários: