sexta-feira, 23 de abril de 2010

azul

De tanto crer-me frouxo,
a minha vida soltou-se
em cristas de nuvens claras,
em azuis de épicas vagas,
em risos despertos de criança.

(fonte da imagem:

2 comentários:

Sofá Amarelo disse...

Porque o azul é a cor de fundo e do ... Mundo!

maré disse...

mas há papoilas

e nelas corre o sangue onde as silhuetas se animam