sexta-feira, 31 de julho de 2009

quadras ao gosto (popular?)













Marquei o tempo,
Saiu-me a sorte,
Nada a contento,
Sempre o desnorte.

Onde páras, vida?
Sente-se teu bafo
Entre a surtida
E o desabafo.

Que irás tu fazer
Daqui a cem anos,
Irás tu merecer
Uma lua d’enganos?

Punha-se o Sol,
Subia a Lua,
Avultava o rol,
Crescia a gula.

1 comentário:

Paula Raposo disse...

Eu gosto de quadras. Não sei escrevê-las. Beijos e bom fim de semana para ti.