quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

cristalino

«Mil anos que escrevas»,

disse,

«não saberás a quem»

Maria Grabriela Llansol Causa Amante


alguém te reconhecerá.

Foste o livro,

serás o rodapé;

hoje bit,

amanhã ficheiro,

pasta,

c:/


(...)


adormecerás serena,

palavra feita;

obra embutida!!!



(22 de Fevereiro de 2009, 5:21)




3 comentários:

Paula Raposo disse...

Se calhar...mas não sei. Beijos.

janaina_jau disse...

Retribuindo a visita!

moriana disse...

Fascinada pela escrita de Gabriela Llansol :)

bjs.