quarta-feira, 26 de julho de 2006

(...)

Lúgubres luas
raiam refulgentes
sobre as secas
e lavadas lages.
Raios rutilantes,
sulcam as selvagens
lodosas lamas...
tiritam, tremem,
isoladas, hirtas.
Gemem juntas,
sorvendo
mágoas, maleitas
de dias distantes...

2 comentários:

helena disse...

Os dias distantes e as suas memórias deixam-nos marcas que doem e nos fazem gemer.
Mas existe " The Dark Side of The Moon", o lado oculto onde alguns conseguem chegar. Um lado onde reina a Paz.
Beijinhos

pedro_nunes_no_mundo disse...

Companheiro, caminhante,
teimosa testemunha,
que persistes perseguindo
a distância depurada
da beleza bruta.
Conta comigo;
jogaremos juntos
um sofrimento sempre
humano e uno.
Talvez, tentando,
as nossas néscias
férias finalmente
curem o cansaço
e também a tristeza
de sermos simples.

Um grande abraço.
Até sempre.