quinta-feira, 23 de março de 2006

K

Dia da Árvore/Dia da Poesia

21/3
As árvores dão-nos tanto, mas tanto, que deixo aqui um "TPC" para quem ler este textozinho: meditar em todas as coisas boas que as árvores nos dão.
Curiosamente (?), a Primavera é também o dia Poesia. Claro que os poemas, para serem divulgados, precisam também das árvores... (e já dos circuitos electrónicos, das memórias e toda aquela tralha apensa...).
Para que serve a poesia? Ou as outras formas de arte? Nesta época de consumismo bacoco, para nada.
Mas toda a actividade humana tem de ter um objectivo concreto? Comprar, vender, fazer pontes e estradas...?
A poesia desperta emoções e, se um poeta, conseguir despertar uma emoção estética num só leitor, já terá valido o seu esforço, a sua luta, a sua angústia. Há poemas que nos marcam, para mim o "Monstrengo" da "Mensagem" de Pessoa é um deles. E para vós, quantos outros?
Na escola onde trabalho, a bibliotecária (uma furiosa amante de livros e, ainda com o "handicap" de ter problemas relativamente graves de visão) copiou alguns poemas curtos (ou extractos) de grandes poetas, reduziu-os em pequenas folhas de papel e, com um cesto de verga, lá foi distribuindo pelos colegas. Afinal, há muitos mais amantes de poesia naquela casa do que eu suponha... Tiravam aos 2 ou 3, liam alto... foi uma diversão!
Aqui vos deixo um improviso (que como é o fim do texto, podem dar-se ao trabalho de o não ler):

Ler,
ler muito
e sentir cá no fundo,
que há músculos que tremem,
ao ler,
ao meditar.
Ler de quem nem se conhece,
ler de quem se esquece,
guardar,
num pequeno cofre precioso,
a razão das tremuras...
E quem escreve?
A procura obsessiva da palavra,
o gesto, ora vitorioso, ora angustiado;
as palavras começarem a jorrar,
a alegria, mesmo ansiosa,
de ver uma página a encher
com aquilo que é mesmo nosso,
é aquilo que queremos mesmo,
furiosamente.
O orgasmo do fim,
sem reler, sem corrigir,
o prazer não se corrige
(desfruta-se...).

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Mi

Criar uma hiperligação

<< Página inicial

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker
Article of the Day
Article of the Day provided by TheFreeDictionary

This Day in History
This Day in History provided by TheFreeDictionary

Today's Birthday
Today's Birthday provided by TheFreeDictionary

Quote of the Day
Quote of the Day provided by The Free Library

Hangman
Hangman provided by TheFreeDictionary